Posts Tagged ‘ java ’

Analista de Redes Sociais na Internet [parte-2]

[vitor torres teixeira – agência laboratório]

leia a parte 1 do post-artigo “Analista de Redes Sociais na Internet” – aqui!

Terminamos o ultimo post-artigo anunciando que o perfil no twitter da empresa de comunicação TV Centro América (@tvca), transmissora da Rede Globo no estado de Mato Grosso, foi o escolhido como objeto de pesquisa desta nova categoria, e deixamos a promessa de explicar o porquê desta escolha.

Simples assim: a quantidade expressiva de inserção de veículos de massa na rede social escolhida como campo de estudo, o Twitter, chamou a atenção do pesquisador. Buscando uma regionalização da delimitação do tema, o melhor representante de veículo de massa inserido no Twitter, pela potência de alcance que tem na plataforma comum de apresentação, a TV, e pelo crescimento expressivo do perfil na rede, no que se refere a números de atores conectados e quantidade de postagens e mensagens enviadas era, sem dúvidas, o @tvca.


[Nota do Autor: Sou cuiabano e moro na capital do estado de Mato Grosso].


O processo formal de desenvolvimento do método científico para este trabalho será a pesquisa descritiva que “[…] está interessada em descobrir e observar fenômenos, procurando descrevê-los, classificá-los e interpretá-los” (RUDIO, 1986). Pesquisas que usam a pesquisa descritiva como metodologia são aquelas que também “têm como objetivo primordial a descrição das características de determinada população ou fenômeno ou o estabelecimento de relações entre variáveis” (GIL, 1999). Descrever quais são a dinâmicas de uso do microblog Twitter e relacionar como tem sido feita a utilização da ferramenta pela empresa TV Centro América será o fenômeno a ser pesquisado.

Segundo Cervo & Bervian (2002), “os dados, por ocorrerem em seu habitat natural, precisam ser coletados e registrados ordenadamente para seu estudo propriamente dito”. Ainda complementam que “a pesquisa descritiva pode assumir diversas formas” (CERVO & BERVIAN, 2002). Neste trabalho, a pesquisa assume a forma de um Estudo de Caso que reúne um conjunto de ferramentas para levantamento e análise de informações.

O primeiro levantamento de informações trata-se de uma pesquisa bibliográfica que segundo Stumpf (2006):

[…] é o planejamento global inicial de qualquer trabalho de pesquisa que vai desde a identificação, localização e obtenção da bibliografia pertinente sobre o assunto, até a apresentação de um texto sistematizado, onde é apresentada toda a literatura que o aluno examinou de forma a evidenciar o entendimento do pensamento dos autores, acrescidos de suas próprias idéias e opiniões.

Buscou-se, então, a localização de autores que pesquisassem sobre redes sociais na Internet, comunicação mediada por computador e o campo de onde ambas as linhas de pesquisa emergem: a Cibercultura. Para tanto, o uso de livros, artigos e revistas especializadas, impressos e/ou virtuais, serviram como fonte para a elaboração do referencial teórico deste trabalho.

Também foi complementar a pesquisa documental que “[…] vale-se de materiais que não receberam ainda um tratamento analítico, ou que ainda podem ser reelaborados de acordo com os objetivos da pesquisa” (GIL, 1999), que neste caso trata-se de resultados de pesquisas publicados sobre as dinâmicas de uso do Twitter.

A pesquisa documental serviu também para que fosse feita a coleta das mensagens postadas pela o objeto de estudo, o perfil da TV Centro América no Twitter. Foram coletadas todas as mensagens enviadas pelo perfil desde o dia de sua primeira postagem (20 de abril de 2009), até o dia do início da pesquisa, dia 13 de setembro de 2009, às 13h47min, totalizando 592 postagens.


[Nota do autor: Aqui vale ressaltar que esta pesquisa teve como objetivo primário contabilizar dados para serem utilizados na estruturação da monografia do pesquisador dono deste blog e autor deste post-artigo. A monografia foi apresentada no final do ano passado e resultou na conquista do titulo de bacharel em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda. A reutilização dos dados surge da vontade do autor em compartilhar as informações capturadas. É importante que fique claro que os resultados alcançados com este trabalho refletem um recorte especifico no tempo, e que, não por isso, suas conclusões tenham alguma perda de validade].


Para análise destas postagens, estabeleceu-se um critério a partir de estudos realizados por Java et al. (2006). Na pesquisa realizada pelos autores buscou-se categorizar tipos de mensagens enviadas pelo Twitter, e classificá-las em subcategorias com o intuito de concluir, através das características da postagem, qual é a utilização da ferramenta por parte de possíveis perfis analisados. Em um próximo post iremos explorar a metodologia de avaliação de uso do Twitter criado pelos pesquisadores Java et al. e detalhar cada uma das subcategorias.

Até!

Referências Bibliográficas

CERVO, Amado A & BERVIAN, Pedro A. Metodologia científica. 5 ed. São Paulo: Prentice Hall, 2002.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5 ed. São Paulo: Atlas, 1999.

JAVA, A., SONG, X., FININ, T., & TSENG, B. Why We Twitter: Understanding Microblogging Usage and Communities. 9th WEBKDD and 1st SNA-KDD Workshop ’07. San Jose, California, USA, 2007. Disponível em <http://ebiquity.umbc.edu/get/a/publication/369.pdf&gt;. Acesso em 09/05/2010.

RUDIO, Franz Victor. Introdução ao projeto de pesquisa científica. 26ª ed. Petrópolis: Vozes, 1999.

STUMPF, Ida Regina C. Pesquisa Bibliográfica. In: Duarte, Jorge; Barros, Antonio (org). Métodos e Técnicas de Pesquisa em Comunicação 2 ed.- São Paulo: Atlas, 2006.

Anúncios

Analista de Redes Sociais na Internet [parte 1]

[vitor torres teixeira – agência laboratório]

Hoje começamos a desenvolver uma nova categoria aqui no blog. Vamos chamá-la de categoria acadêmica. O objetivo desta sessão que se inicia com este post é desenvolver artigos científicos (em forma de posts sequenciais) que tenham como foco de análise o relacionamento interpessoal mediado por computador, utilizando-se como campo de estudos principal as redes sociais na Internet, área da comunicação (ciências sociais aplicadas) que me chama muito a atenção e me dá muito prazer em pesquisar.

A pesquisa focada em redes sociais na Internet é inerente ao estudo dos padrões de conexões proclamadas no ciberespaço. A busca por compreender como se dá a mediação por computador, de atores inseridos em redes sociais, começa na delimitação de quem são os “interagentes” que compõem a estrutura destas redes e finaliza na possibilidade de visualização da topologia resultante da interação entre os atores.

“Aqui [ciberespaço] a circulação de informações não obedece à hierarquia da árvore (um-todos), e sim a multiplicidade do rizoma (todos-todos)”. (Lemos, 2008)

Com atores posicionados no ciberespaço, e com as dinâmicas de estruturação de uma rede analisadas, permite-se que a pesquisa em redes sociais na Internet alcance o último estágio de apreciação deste modelo de relacionamento: quais são os valores pretendidos pelos que buscam a interação possibilitada pela rede, e a partir da visualização das alternativas de conexões das diferentes redes existentes no ciberespaço, como essas estruturas valorizam seus usuários.

“[…] a cibercultura (digital, imediata, multimodal, rizomática) requer a transversalidade, a descentralização, a interatividade […] tratando de fluxos de informação bidirecionais, imediatos e planetários, sem uma homogenização dos sentidos, potencializando vozes e visões diferenciadas”. (Lemos, 2008)

Partindo da análise feita por André Lemos vamos analisar comportamentos de atores (populares ou não) inseridos em grandes redes sociais na Internet (Twitter, Facebook, Orkut, Flickr, Youtube…). A intenção é pesquisar quais tem sido as principais dinâmicas utilizadas pelos atores de redes sociais na Internet, e qual tem sido o resultado alcançado.

O primeiro objeto que será pesquisado nesta nova categoria do blog será o perfil no Twitter da empresa de comunicação pertencente ao sistema matogrossense de televisão, a TV Centro América, transmissora da Rede Globo de Comunicação no Estado de Mato Grosso, e representado pelo símbolo @tvca.

No inicio do próximo do post explicaremos o porque da escolha do perfil @tvca e já daremos inicio a analise que terá como base metodológica os estudos realizados por Java et al. em 2006.

Até a próxima.

Referência Bibliográfica

LEMOS, André. Cibercultura. Tecnologia e Vida Social na Cultura Contemporânea. Ed. Sulina, Porto Alegre, 295 p., 4a Edição, 2008.

JAVA, A., SONG, X., FININ, T., & TSENG, B. Why We Twitter: Understanding Microblogging Usage and Communities. 9th WEBKDD and 1st SNA-KDD Workshop ’07. San Jose, California, USA, 2007. Disponível em <http://ebiquity.umbc.edu/get/a/publication/369.pdf&gt;. Acesso em 09/05/2010.